Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O que é o Transtorno Disfórico Pré-Menstrual e o que caracteriza?

O Transtorno Disfórico Pré-Menstrual é um tipo grave de Transtorno Pré-Menstrual ou TPM, sendo causado por mudanças hormonais inerentes ao período que antecede a menstruação. O Transtorno Disfórico Pré-Menstrual atinge aproximadamente 6% da população feminina. Por apresentar uma sintomatologia intensificada, torna a vida da mulher incapacitante durante este período, seja a nível pessoal ou interpessoal, com baixa de produtividade e aumento de sintomas ansiosos e depressivos. Isto porque existe um desequilíbrio da serotonina, neurotransmissor que está diretamente relacionado com a regulação do humor e do sono, o que provoca labilidade emocional (alegria e tristeza alternadas), alterações comportamentais e desequilíbrios psicofísicos. Normalmente os sintomas tendem a melhorar gradualmente com a menstruação. Os sintomas que serão elencados a seguir, surgem entre 10 a 2 dias antes do fluxo menstrual.

Sintomas:

– Inchaço nas mamas;
– Alterações de humor repentinas (a mulher está bem, sorrindo e pouco tempo depois chorando e apresentando tristeza profunda);
– Irritabilidade excessiva, emotividade “à flor da pele” com maiores riscos de conflitos interpessoais;
– Cansaço extremo, letargia, falta de energia;
– Retenção de líquidos com aumento abdominal;
– Impulsividade (Não mede as conseqüências dos seus atos);
– Pensamentos suicidas;
– Dores de cabeça e/ou enxaqueca;
– Disforias (sintomas depressivos e ansiosos);
– Sensação de perda de controle;
– Náuseas;
– Distúrbios alimentares;
– Desesperança e baixa autoestima;
– Dificuldade de concentração nas atividades cotidianas;
– Alterações no apetite;
– Dores musculares e articulares;
– Retenção de líquidos;

 

Importante ressaltar que nem todas as mulheres apresentam todos os sintomas ou apresentam alguns sintomas mais moderados e outros mais severos.

Diferença entre Tensão Pré-Menstrual (TPM) e Transtorno Disfórico Pré-Menstrual (TDPM):

A Tensão Pré-Menstrual acomete até 75% das mulheres em idade reprodutiva, ou seja, que vai da menarca (primeira menstruação) até a menopausa (última menstruação) e é ocasionada pelas variações hormonais oriundas do ciclo menstrual. No TDPM, os critérios são os mesmos da TPM; No entanto, os sintomas seguem um padrão acentuado, visto que não se trata de uma TPM comum, mas de uma versão mais grave. Em outras palavras, no Transtorno Disfórico Pré-menstrual, os sintomas são exacerbados, intensificados e severos, caracterizando-se portanto como transtorno psiquiátrico.

 

Diagnóstico:

Para um diagnóstico preciso, os sintomas de TDPM devem acontecer por no mínimo três meses ininterruptos.

 

Tratamento:

O tratamento consiste na associação de medicação e psicoterapia. No tratamento alopático ou farmacológico, utiliza-se os antidepressivos serotoninérgicos.

 

Importante: 

Alguns transtornos psiquiátricos, tais como os transtornos depressivos, alimentares e ansiosos se tornam mais agravados durante o período pré- menstrual. Por este motivo, é necessário que seja feito um diagnóstico médico criterioso para que sejam descartados outros distúrbios psiquiátricos pré existentes e que, como já foi relatado, seus sintomas se acentuam exatamente no período que antecede a menstruação, dificultando, assim, o diagnóstico do Transtorno Disfórico Pré-Menstrual ou procedendo a um diagnóstico equivocado.

@Copyright 2018. Todos os direitos reservados através de cadastro.

 

Select your currency
BRL Real brasileiro
× Agendamento