Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

A vida de qualquer ser humano é repleta de desafios e contratempos. Sendo assim, nem sempre é fácil mobilizar nossa resiliência para superar os obstáculos que a vida nos impõe, seja como meio de aprendizado ou aperfeiçoamento, já que muitas vezes estamos exaustos de lutar, afrontar e resistir a todas as adversidades que encontramos em nosso caminho. Tantas vezes diante da labuta da vida, nos sentimos perdidos, desolados, sozinhos e confusos, sem saber qual direção tomar, que decisão empreender. O cansaço nos assola as resistências e não encontramos forças para prosseguir diante dos bloqueios que nos cerceiam. Lembre-se: circunstâncias podem mudar de uma hora para outra, mas a fortaleza que nos impulsiona para dar a volta por cima vem de dentro de nós.

Aprender a respeitar os comandos do corpo e da alma também são atributos de um grande guerreiro. Portanto, deixar por alguns instantes a vida fluir enquanto se contempla a sabedoria da vida agindo no seu melhor, não é sinal de inércia, desistência, covardia, preguiça ou fraqueza. Os melhores guerreiros precisam de uma pausa, de uma estratégia de sobrevivência e isto é sabedoria. Saber suspender  por um momento, pode passar a impressão de uma postura passiva, mas esta é tão importante quanto lutar. Recarregar as forças, enxugar as lágrimas ou as próprias feridas e refletir pela causa que estamos lutando também fazem parte do processo de combate, pois toda luta é sobretudo interna.

Somente na tranqüilidade da pausa é que podemos avaliar os desafios sob novos ângulos e novas perspectivas. Somente no intervalo é que podemos reavaliar nossas propostas, se todos os esforços que estamos empreendendo valem à pena. Grandes guerreiros se sentam em meio ao caminho, não somente para descansar, mas sobretudo para meditar, curar as feridas e contemplar a vida dentro de si, objetivando recarregar as esperanças e o otimismo na vida. E se necessário for, destruir as arquiteturas obsoletas das certezas que tenham como absolutas, para a partir dos escombros, permitir-se o renascer, o reconstruir o templo da própria vida, mais fortalecido e enraizado.

Grandes guerreiros analisam seus ideais, valores, direções e estratégias para seguir adiante mais determinados, otimistas, confiantes, encorajados e fortalecidos. E apesar do cansaço, das pedras, espinhos no caminho e dos fracassos que surgirem, resgatam sempre a esperança, a fé na vida e no futuro, pois sabem que grandes conquistas são feitas de pequenas e também de grandes superações.

Abraços transmutadores,

Soraya Rodrigues de Aragão

Aviso de propriedade

É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, bem como adaptações ou alterações por qualquer meio de comunicação, mesmo citando a fonte. Os Direitos Autorais são regulamentados pela Lei nº 9.610/98, sendo a violação destes direitos caracterizados como crime de acordo com o Código Penal, art. 184 e Parágrafos, e Lei nº 6.895. @Copyright 2018.

 

Select your currency
BRL Real brasileiro
× Agendamento